Epimedium icariin auxilia na libido



A planta epimidium, ou também chamada de “epimidium sagittatum”, tem sido usada por milhares de anos como estimulador da libido. As propriedades da planta foram descobertas em 200 A.C na China, por um pastor de cabras ao perceber que elas melhoravam a sexualidade ao se roçarem nesta planta.

 

Pode ser atribuído ao efeito da testosterona, melhorando o poder sexual, a função erétil e aumenta as secreções durante o ato sexual.

 

Melhora também o desconforto da menopausa, auxiliando o fluxo sanguíneo nas áreas genitais. O epimidium aumenta os níveis de óxido nítrico, relaxando os músculos e permitindo um maior fluxo de sangue para o pênis.

 

Utilizado como afrodisíaco, aumenta o desejo sexual, aumenta a sensação nos nervos sensoriais e também a produção de esperma. Há outras funções, como tratamento dos rins, fígado  e articulações.

 

As folhas de epimidium são ricas em flavonoides, fenólicos, ligninas iononas, sendo a principal substância o icariin, que é um flavonoide.

 

A disfunção erétil é a incapacidade masculina de obter ou manter uma ereção suficiente para uma penetração vaginal ou seja para uma relação sexual satisfatória. Atinge 50% dos homens entre 40 e 70 anos e 70% nos homens acima de 70 anos. Entre os fatores que impedem a ereção: diabetes, arteriosclerose, fumo, aumento do colesterol, fatores psicológicos (a adrenalina produzida pelo individuo ao sentir medo ou estresse, impede a produção de óxido nítrico e o sangue não é retido no pênis).

 

O óxido nítrico promove o fluxo sanguíneo através do relaxamento muscular.














líbero+

Copyright © Dieta Ortomolecular - Dra. Sylvana Braga - Todos os direitos reservados