Subproduto do pinhão auxilia no emagrecimento



O Pinheiro Coreano, também chamado de pinus koraiensis, é uma árvore que cresce naturalmente na Coreia, Japão, China, Manchúria e Sibéria.
  
O óleo pinoleico, extraído do pinho do pinheiro coreano, contém ácido graxos poli e monoinsaturados, especialmente ácidos graxos de cadeia longa, como o ácido pinoleico.

 

O ácido pinoleico é  um ácido ômega 6, que possui duplas configurações cis. O pinhão (noz) do pinheiro coreano contém quarenta vezes mais ácido pinoléico que o italiano e outros pinheiros em geral.

 

Esse óleo confere a capacidade de saciedade e inibição do apetite. Após a sua ingestão, há diminuição acentuada da cck (colestoquinina) e do glp-1 (peptídeo análago ao glucagon). Após  quatro horas os níveis sobem acentuando a sensação de saciedade e redução do apetite.
   
O apetite é um dos mecanismos mais complexos que existem, controlada por hormônios que enviam mensagens ao cérebro para disparar a sensação de fome ou saciedade.

 

O óleo de pinheiro auxilia a saciedade, supressão do apetite, diminui o tamanho das porções, abaixa o ldl (mau colestrol), mantém o bom colesterol (hdl).














líbero+

Copyright © Dieta Ortomolecular - Dra. Sylvana Braga - Todos os direitos reservados